Quais são os critérios de classificação de SEO local? Que método o Google utiliza? O que se deve fazer para aparecer entre as primeiras posições do Local Pack e dos resultados de pesquisas locais?

Apresentamos abaixo uma lista dos critérios de relevância utilizados pelo mecanismo de pesquisa para fazer o posicionamento local. 

Esses critérios são baseados em parâmetros públicos compartilhados pelo Google e no resultado de um estudo publicado pela Whitespark em 2021.

Importante: a Whitespark não sabe mais do que nós sobre o funcionamento do algoritmo. O Google nunca forneceu nenhuma informação sobre isso. No entanto, anos de estudo, análise e pesquisa permitiram fazer suposições apoiadas em fatos e depoimentos de especialistas, as quais apresentamos abaixo.

Que critérios o Google utiliza para o posicionamento local?

O Google não entra em detalhes sobre os critérios que influenciam a classificação das empresas na internet. Sabemos, no entanto, que seu método é baseado em três pilares. É a combinação desses fatores que ajuda o algoritmo a determinar os melhores resultados de acordo com a pesquisa do usuário.

1. Relevância

O Google avalia o quanto as fichas da sua empresa correspondem à pesquisa do usuário. Para isso, é necessário “alimentar” os algoritmos com fichas detalhadas e atualizadas. Isso é o que fará com que suas fichas do Perfil da Empresa apareçam nas primeiras posições dos resultados de pesquisa.

2. Distância

No caso das pesquisas indiretas, a proximidade entre os estabelecimentos e o usuário é muito importante. Se a localização não for especificada na pesquisa, o Google calcula a distância entre o usuário e os estabelecimentos procurados. Se forem relevantes, os estabelecimentos mais próximos aparecerão nas primeiras posições do resultado da pesquisa.

⚠️ Atenção: proximidade não é tudo. O Google pode considerar que uma localização mais distante seja mais adequada para o usuário que está fazendo a pesquisa. Nesse caso, esse estabelecimento é melhor posicionado no resultado da pesquisa.

3. Reputação

Este é um indicador de notoriedade levado em consideração pelo Google. Os mecanismos de pesquisa consideram a “fama” dos lugares na vida real. Alguns são mais conhecidos que outros e, por isso, sobem posições mais facilmente nos resultados das pesquisas. Grandes marcas, hotéis, museus, monumentos ou restaurantes famosos podem beneficiar disso.

Como o Google mede a reputação da empresa?

O motor de pesquisa se baseia em diversos parâmetros:

  • Uma avaliação da presença online da empresa por meio da análise de dados disponíveis na internet. Links, referências em diretórios, artigos… o algoritmo leva em conta todas essas informações.
  • O número de avaliações no Google e sua pontuação média. A reputação online é, portanto, um indicador de notoriedade. Quanto mais avaliações positivas receber, maior a probabilidade de a empresa ser bem posicionada no Google.
  • O posicionamento da empresa nos resultados orgânicos. Sua referência natural influencia sua classificação local. Por isso, é melhor conhecer e seguir as recomendações do Google sobre SEO.

O Google decidiu deliberadamente não fornecer mais detalhes sobre o funcionamento do seu algoritmo de pesquisa. 

Por quê? “Para que o sistema de posicionamento na internet seja o mais justo possível para todos.” E para que ninguém encontre atalhos para conseguir um lugar melhor nas classificações locais.

Otimizando as fichas da sua empresa: recomendações do Google

O Google também insiste em otimizar as fichas do Perfil da Empresa. Este é um pré-requisito para que a empresa apareça nos resultados de pesquisa.

Recomendamos as seguintes melhores práticas:

Forneça dados completos nas fichas da sua empresa

Nome, endereço físico, número de telefone, descrição, categorias, horário de funcionamento, horários excepcionais, site da empresa, atributos… Verifique se essas informações estão atualizadas.

Isso permitirá ao Google determinar a relevância do(s) estabelecimento(s) da sua empresa para as pesquisas locais. Quanto mais dados fornecer, melhor.

💡 É possível adicionar até 10 categorias (1 principal e 9 secundárias). As categorias secundárias dão mais detalhes sobre sua atividade.

Os atributos fornecem mais informações sobre os serviços que sua empresa oferece.   

Não há necessidade de saturar a descrição com palavras-chave repetidas várias vezes. O Google não gosta disso e pode até penalizar sua empresa.

Valide todos os seus estabelecimentos

Depois que suas fichas forem preenchidas e revisadas para que não haja erros, o Google deve validá-las. O processo de validação varia dependendo se sua empresa tem mais ou menos de 10 estabelecimentos.

Saiba mais sobre validação e validação em massa do Perfil da Empresa

Indique todos os horários do estabelecimento

Não se esqueça de atualizá-los quando mudarem e de indicar os horários em feriados e eventos especiais. Além de ser um sinal positivo para o Google, são informações úteis para seus clientes, que sempre vão saber quando podem visitar seu estabelecimento.

Adicione fotos

Além de ser uma ótima estratégia de marketing, publicar ótimas fotos melhora o SEO da sua empresa. Quando maior a qualidade e o número de publicações e visualizações das fotos da sua empresa, melhor posicionadas ficam suas fichas.

Gerencie e responda as avaliações dos clientes

Em suma, cuide da reputação online da sua empresa. As avaliações dos clientes têm um impacto comprovado no SEO local, melhoram a visibilidade da empresa na internet e incentivam outros usuários a visitar seus estabelecimentos. É por isso que se deve dar atenção às avaliações.

Informe os produtos ou serviços da sua empresa

O objetivo do Perfil da Empresa no Google é aumentar o tráfego web-to-store. Portanto, é muito útil adicionar uma parte do seu catálogo de produtos ou serviços à ficha da sua empresa para que seus potenciais clientes tenham uma ideia do que podem encontrar em seu estabelecimento.

Os critérios de SEO local do Google segundo a Whitespark

Para realizar seu estudo, a Whitespark perguntou a especialistas em SEO local que critérios que eles consideram ter maior impacto no posicionamento das empresas na internet. Os resultados são, portanto, puramente subjetivos, mas não deixam de ser interessantes.

Eles são baseados em 132 critérios potenciais de SEO divididos nas seguintes sete categorias:

  • Otimização do Perfil da Empresa no Google
  • Avaliações de clientes
  • Links, incluindo link building e links internos
  • Comportamento dos usuários (número de cliques, tempo de permanência…)
  • Nível de otimização do site da empresa (informações úteis, uso das palavras-chave certas, autoridade do domínio etc.)
  • Gestão de presença digital (consistência do NAP, referências em diretórios e plataformas relevantes etc.)
Une illustration montrant les principaux critères de référencement selon des experts du SEO local
Os principais critérios de posicionamento segundo especialistas em SEO local. (fonte: Whitespark)

Os profissionais entrevistados classificaram esses fatores em ordem de importância: primeiro, para o posicionamento no Local Pack e no Local Finder; em seguida, para o posicionamento em resultados orgânicos locais.

Em relação ao Local Pack e ao Local Finder, o estudo mostra o seguinte:

  1. Otimização do Perfil da Empresa no Google (endereço, descrição, categoria principal, categorias secundárias, uso das palavras-chave certas nas fichas, atributos etc.)
  2. Gestão das avaliações dos clientes (número e pontuação média)
  3. Otimizações on page, em particular do site da empresa
  4. Malha de internet e link building da empresa
  5. Comportamento dos usuários e suas interações com as fichas e o conteúdo dos estabelecimentos
  6. Presence Management, a riqueza e a qualidade da presença online
Deux graphiques montrant les résultats de l'étude Whitespark
Os dois gráficos detalham os resultados do estudo. (fonte: Whitespark)

O que aprendemos com o estudo sobre os critérios importantes para o SEO local?

O estudo confirma o que já sabíamos: as fichas do Google Perfil da Empresa são essenciais para a visibilidade local da sua empresa. Atualizar e otimizar as fichas da sua empresa é fundamental.

De acordo com o estudo, os cinco principais critérios que influenciam a classificação local do Perfil da Empresa no Google são:

  • A categoria principal (apenas uma). Este é o critério mais importante. Para um bom posicionamento, deve-se selecionar a categoria que corresponde perfeitamente à atividade da empresa.
  • As palavras-chave usadas no nome da ficha no Perfil da Empresa. No entanto, inserir essas palavras-chave em outros campos da ficha não será muito útil, visto que não influenciam o posicionamento que o Google realiza. 
  • A distância entre o usuário que faz a pesquisa e o estabelecimento.
  • Endereço físico
  • As categorias secundárias (até nove). Ao adicionar categorias secundárias relevantes para especificar a atividade da sua empresa, aumenta o número de palavras-chave que determinam seu posicionamento.

É isso! Agora você sabe quais são os critérios mais importantes para o SEO local. Esses são os parâmetros que influenciam o posicionamento local do Google. Enfim, essas informações são muito úteis, já que, para as empresas, é extremamente importante aparecer nas primeiras posições dos resultados de pesquisa.

Author: Beatriz

Próximos artigos

Whatsapp Fale conosco
no WhatsApp